A- A+

Artigos

13/05/2019

Parabéns, Zootecnistas!

13 de Maio – Dia Nacional do Zootecnista

 

* Isaac Ferreira de Lima Junior

 

Remetendo-nos aos primórdios das civilizações, no marco do desenvolvimento das organizações humanas, ali já encontramos, como determinante catalisador para o progresso da humanidade, a habilidade salutar de observar os fenômenos naturais e compreender suas interações com as formas de vida na terra. E o homem emerge de sua condição primitiva de caçador e coletor para explorar os vales férteis com a agricultura e a pecuária. Eis que surge em bases empíricas a arte de criar.

Bem-Estar Animal

 

Ao longo dos séculos o homem pôde beneficiar-se da criação de animais para o usufruto de seus produtos e serviços, incorporando a técnica em sua cultura e lançando as bases da ciência que, em 1843 o Conde de Gasparin chamaria de Zootecnia, palavra que deriva dos radicais gregos “zoon” (animal) e “techne” (tratado sobre uma arte), dissociando-se definitivamente este ramo de investigação do campo da agricultura, onde em 1848, cria-se com o Instituto Agronômico de Versalhes, na França, uma cátedra dedicada ao estudo e formulação de doutrinas científicas para o ensino da Zootecnia. No Brasil, a Zootecnia foi ensinada como disciplina especial nos cursos de agronomia até 1966 quando foi criado, na PUC de Uruguaiana, RS, o primeiro curso de graduação em Zootecnia.

Nutrição Pet

 

Hoje, idos mais de 50 anos desde a promulgação da lei 5.550/68 e da criação formal da Zootecnia como profissão em solo brasileiro, profissão que se fundamenta na máxima do aperfeiçoamento dos animais de interesse econômico, pela eficiência de seu limiar fisiológico, maximizando os recursos para a geração de bens e serviços para a humanidade. Onde o Zootecnista, profissional da produção animal, munido de competências e habilidades nos ramos da nutrição animal, formação e manejo de pastagens, reprodução animal e melhoramento genético, bioclimatologia, comportamento e bem-estar animal, tecnologia de produtos de origem animal, manejo e conservação do meio ambiente e administração e gerenciamento de empreendimentos de produção animal, assume o importante papel de conduzir através da ciência e da arte de criar animais, a geração de renda e a redução das desigualdades, promovendo iniciativas sustentáveis, no campo e na cidade, para a garantia da saúde única.

Certificação

 

Ao longo desse meio século o Zootecnista tem evoluído em sua formação, respondendo às diversas demandas da sociedade, contribuindo substancialmente para o progresso do agronegócio brasileiro, na performance dos animais de esporte e lazer, na preservação dos recursos naturais e na qualidade e segurança dos produtos de origem animal, no bem-estar dos animais silvestres, de companhia e de produção, assim como na busca por uma sociedade mais justa e igualitária através de suas organizações e entidades de classe.

Gestão

 

É nesta perspectiva que então nos congratulamos, certos da importante missão que assumimos, na afirmação do compromisso ético, no respeito à vida e aos recursos naturais, em consonância com o desenvolvimento e na busca incessante pela eficiência como palavra de ordem.

Ovinocultura

 

Por estes e outros tantos motivos saudemos nossos nobres protagonistas da arte e da ciência da produção animal!

Melhoramento Genético

 

Salve 13 de maio, Dia Nacional do Zootecnista!

 

* Zootecnista CRMV-AL 0143/Z. Diretor Estadual em Alagoas – Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ).

   Membro da Comissão de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal do CRMV-AL.

Zoot. Isaac Ferreira de Lima JuniorTexto: Zoot. Isaac Ferreira de Lima Junior

CRMV-AL Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Alagoas - 2020
Rua 26 de Abril, 299 – Poço – Maceió/AL – CEP: 57.025-570
Telefones: (82) 3221-2086 / Fax: 3336-2976
E-mail: crmv-al@crmv-al.org.br
Horário de funcionamento: 12h às 17h.

acessar webmail