A- A+

Notícias

08/05/2020

No mês dedicado à Zootecnia, campanha do CRMV-AL destaca profissionais alagoanos

Se o Brasil alcançou, com o desenvolvimento do agronegócio, um patamar de destaque na produção mundial de alimentos como um dos principais fornecedores de proteína animal, isso se deve também à contribuição fundamental do zootecnista. É com seu desempenho nos diversos elos da cadeia de produção animal, que atua promovendo o aumento da produtividade e a melhoria da qualidade dos alimentos. Daí seu reconhecimento como profissional que ajuda a alimentar o mundo!

E a importância do trabalho do zootecnista se apresenta nas várias etapas desse processo: no melhoramento genético das espécies, no monitoramento nutricional dos rebanhos, no aprimoramento do ambiente de criação com recuperação e reforma de pastagens, no manejo, sanidade e bem-estar dos animais e também na gestão e responsabilidade técnica que gera produtividade e eficiência nas propriedades rurais, com o emprego das soluções tecnológicas inovadoras da Zootecnia de Precisão.

Profissional que reúne conhecimento científico e tecnologia para assegurar uma maior eficiência ao setor produtivo do país, o trabalho do zootecnista vai além da propriedade rural, somando esforços – com pesquisas para o surgimento de novos produtos e técnicas em laboratórios ou na produção de ração animal – na garantia do bem-estar animal e para o desenvolvimento sustentável do agronegócio brasileiro.

A ZOOTECNIA EM DADOS HISTÓRICOS
A Zootecnia – traduzida em 1844 pelo Conde Gasparin, a partir do grego, como a técnica da criação de animais (zoon – animal; e technê – arte, no sentido de técnica) – teria surgido nos primórdios da humanidade, quando o homem primitivo e nômade precisou compreender o comportamento dos animais para sua sobrevivência, dando início a criação das espécies. Mas foi só em 1849, que a Zootecnia ganhou status de ciência, passando a ser lecionada como disciplina por Emile Baudement no Instituto Agronômico de Versailles, na França.

No Brasil, o exercício da profissão de zootecnista foi sancionado em 04 de dezembro de 1968 com a criação da Lei nº 5.550. No entanto, o primeiro curso de Zootecnia surgiu dois anos antes, na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, evento que daria origem a comemoração do Dia do Zootecnista, celebrado anualmente no dia 13 de maio.

Em Alagoas, o primeiro curso de Zootecnia foi criado pela Lei Estadual nº 5.600/1994, funcionando no Campus II da Universidade Estadual de Alagoas – UNEAL, na cidade de Santana do Ipanema. Seu primeiro vestibular, no entanto, só ocorreu em 1996. Na Universidade Federal de Alagoas – UFAL, o curso foi criado em 1997, abrigado nas instalações do atual Centro de Engenharias e Ciências Agrárias – CECA, no município metropolitano de Rio Largo. Outro marco importante foi a chegada do curso à cidade de Arapiraca, agreste alagoano, em 2006, instalado no novo Campus da UFAL, como parte integrante da 1ª etapa do processo de interiorização da universidade.

CAMPANHA
Para homenagear os profissionais que vêm fazendo a diferença nas criações animais e junto às famílias da agricultura familiar, por meio da Extensão Rural e de ações de consultoria, o CRMV-AL complementa a campanha do Sistema CFMV/CRMVs, prevista para o Dia do Zootecnista, com o lançamento, neste sábado (09/05), da ação local “Zootecnia em Foco”, que será realizada durante todo este mês por meio de vídeos e posts nas redes sociais, destacando a trajetória dos profissionais e as áreas de atuação do Zootecnista.

A presidente do CRMV-AL, médica veterinária Annelise Nunes, ressalta que a campanha do regional, alinhada com a do Sistema CFMV/CRMVs, procura destacar a importância do Zootecnista na Produção Animal, principalmente nos dias atuais de Pandemia pelo Covid-19.

“A produção não para e nem o trabalho de quem está no campo, pois os animais necessitam que seus manejos sejam mantidos com a mesma qualidade, bem-estar e sanidade. Então, é o nosso reconhecimento pelo esforço e dedicação destes profissionais para que a produção continue ocorrendo e o alimento de origem animal possa chegar à mesa dos consumidores. Parabéns a todos os profissionais Zootecnistas, que se dedicam e mostram a sociedade a importância do seu trabalho”, frisou Annelise Nunes.

Confira nos links abaixo os homenageados na campanha do CRMV-AL nas redes sociais: 

 

#ZootecniaEmFoco - Isaac Ferreira de Lima Junior

#ZootecniaEmFoco - Michelle Magalhães

#ZootecniaEmFoco - Elton Lima Santos - Vídeo

#ZootecniaEmFoco - Marília Ferro Marques Cavalcante

#ZootecniaEmFoco - Samy Barros Souza Ibrahim

#ZootecniaEmFoco - Cristian Cavalcante Félix da Silva

#ZootecniaEmFoco - Alexandre Neves Feitosa

CRMV-AL Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Alagoas - 2020
Rua 26 de Abril, 299 – Poço – Maceió/AL – CEP: 57.025-570
Telefones: (82) 3221-2086 / Fax: 3336-2976
E-mail: crmv-al@crmv-al.org.br
Horário de funcionamento: 12h às 18h.

acessar webmail